Construindo o Seu Jogo

Uma vez que você tenha finalizado o seu jogo, você está pronto para compartilhar a sua obra-prima com o resto do mundo. Então vem comigo, porque nessa seção vou te mostrar como você pode gerar e distribuir o seu jogo.

Aqui está o que você verá:

Autoria

Abra a aba Project e selecione Authoring na aba lateral, aqui podemos adicionar os detalhes de autoria do projeto.

  1. Name: Esse será o nome do arquivo executável ou .zip quando o jogo for exportado.
  2. Developer: Adicione os nomes dos desenvolvedores aqui.
  3. Homepage: O endereço do site do seu jogo vai aqui.
  4. Version: Adicione um número de versão aqui, para que dessa forma você tenha um controle de correções e atualizações do seu jogo.

Marca

Abara a aba Project, selecione Branding na aba lateral, aqui temos algumas opções de marca para o projeto exportado.

  1. Game icon: Adiciona um ícone para o seu jogo, você pode escolher um a partir de qualquer uma das texturas que importou.
  2. Splash screen: Adiciona uma imagem para a tela de carregamento do seu jogo, você pode escolher uma a partir de qualquer uma das texturas que importou.
  3. Define se deve ser utilizado ícones suaves ou pixelados independente das configurações de renderização.
  4. Accent: Isso muda a cor de destaque da tela de carregamento.
  5. Aqui você pode alterar como a cor de destaque afeta a cor de fundo ou de preenchimento, apenas invertando a mesma. Você também pode ocultar a expressão "Made with ct.js" da tela de carregamento.

Definições de exportação

Na aba Project, selecione Export Settings na aba lateral.

Aqui você encontrará algumas das mais avançadas definições que terão efeito quando você exportar o seu jogo. Para muito projetos, as definições padrões estarão ótimas.

Exportando o seu jogo

Na aba Main Menu, você verá três opções de exportação sob o título Deploy.

Exportar para web

Exportar para a web é tão fácil como apertar um botão. Uma vez que a exportação do jogo seja finalizada, você verá um arquivo zip contendo os arquivos do seu jogo.

Exportar para desktop

Ao exportar para desktop, você precisará escolher para qual sistema operacional você deseja criar o arquivo executável.

Uma vez que a exportação seja finalizada, você verá os diretórios contendo os seus arquivos executáveis.

Apenas abra o diretório e rode o executável.

Exportar para android

Ao exportar para android, você vai precisar definir as configurações da aba lateral Authoring localizada na aba Project

Requisitos

Para exportar para Android, você vai precisar instalar e configurar um ambiente para isso.

Java Development Kit - JDK

Para a exportação é necessário instalar o JDK e definir a variável de ambiente JAVA_HOME. O download do JDK pode ser feito aquiopen in new window.

Após a instalação do JDK, você deve seguir os passos abaixo para definir a variável de ambiente JAVA_HOME.

Primeiramente você de abrir o Windows Explore e seguida clicar com o botão direito do mouse sobre a opção This PC ou Este Computador, em seguida click em Properties ou Propriedades como mostra a imagem abaixo.

Na janela que abrir, localize a opção Advanced system settings ou Configurações avançadas do sistema, como mostra a imagem abaixo.

Após clicar sobre essa opção, será aberta uma outra janela, nela, localize a opção Environment Variables... ou Variáveis de Ambiente... como mostra a imagem abaixo.

Em campo 1, você deve pôr o nome da variável, JAVA_HOME, já no campo 2, você deve definir onde o JDK está instalado, você pode utilizar o campo 3 para localizar a pasta de instalação. Após isso, você clicar no botão indicado com o número 4. Veja a imagem abaixo que mostra o resultado dessa ação.

Agora precisamos configurar a variável de ambiente Path, click sobre ela e depois click em Edit ou Editar.

Na janela seguinte, click em New ou Novo e insira %JAVA_HOME%\bin. Para dinalizar click em OK.

Android Studio

Para exportar para android também será necessário instalar o Android Studio, que pode ser baixado aquiopen in new window. Após o Download, abra o instalador e siga a sequências de imagens a seguir para concluir a instalação.

Após a instalação, devemos definir a pasta de instalação do SDK Manager nas variáveis de ambiente do sistema. Para obter o caminho da pasta de instalação, acesse a opção More Actions e depois SDK Manager, como mostrada na imagem a seguir.

No campo 1 você encontra a localização da pasta de instalação do Android SDK, copie esse endereço, pois é ele que vamos usar para definir a variável de ambiente ANDROID_SDK_ROOT. Então, primeiramente vamos definir essa variável de ambiente, depois disso voltamos aqui para explicar o campo 2 definido na imagem.

Na janela de criação de variáveis de ambiente, click em New ou Novo, na janela que abrir, insira no campo 1, ANDROID_SDK_ROOT, no campo 2 cole o endereço que compiamos anteriormente e click em OK. Veja as imagens a seguir.

Agora, de volta a tela do SDK Manager.

O campo 2 define as plataformas que devem ser instaladas, em nosso caso, estamos instalando o Android 10 e o Android 9, mas você pode instalar aquele que você quiser ou que você julgar que terá um resultado melhor. Após escolher a(s) plataforma(s) que você quer instalar, click em OK. As imagens a seguir descrevem as telas seguintes.

De volta a janela inicial do Android Studio precisamos criar um dispositivo virtual. Para isso, click More Actions e em seguida click em Virtual Device Manager, como mostrado na imagem a seguir.

Na próxima janela, você vai poder criar um novo dispositivo clicando no botão Create device ou em Create virtual device, click em um deles para prosseguir.

Na tela seguinte, podemos escolher um dispositivo da lista padrão ou criar o nosso próprio como indicado na seta 1.

Nós escolheremos aqui o dispositivo Pixel 4, selecione ele ou fique livre para escolher o que você achar melhor. Após a escolha, click em Next. Como mostra a imagem a seguir.

Na próxima tela devemos escolher qual a versão do android que queremos trabalhar, note que se a versão não estiver instalada, você pode instalar a mesma agora, veja a seta 1. Aqui nós escolheremos a versão Android Pie. Após a escolha, click em Next.

Na tela seguinte podemos escolher o nome do dispositivo virtual, como mostrado na seta 1. Também podemos definir a orientação inicial do dispositivo, como mostra a seta 2. Nós deixaremos a configuração padrão, mas você pode escolher o que for melhor para você. Após a escolha, click em Finish. As imagens a seguir descrevem o processo de criação.

NodeJS

Também vamos precisar do NodeJS, que pode ser baixado aquiopen in new window. As imagens a seguir mostram o processo de instalação.

Após esse processo de instalação será aberta uma janela de terminal para que seja feita a instalação de ferramentas adicionais para NodeJS que marcamos na caixa de seleção anterior.

As imagens a seguir descrevem esse processor de instalação.

CapacitorJS

Para finalizar a configuração do nosso ambiente, devemos instalar o capacitorjs, para isso, vamos precisar usar a ferramenta npm, instalada com o nodejs. Abra o prompt de comando e execute o comando mostrado na imagem a seguir.

Dica

Para abrir o prompt de comando, pressione a tecla Windows e com a mesma pressionada, pressione a tecla R, na janela que abrir, digite cmd e pressione a tecla enter.

Alerta

Caso o camando npm não seja reconhecido pelo prompt de comando, então isso significa que o mesmo não está no %PATH% do sistema, nesse caso, você pode fazer uso da mesma técnica que utilizamos com o %JAVA_HOME%\bin para pôr a ferramenta npm no %PATH% do sistema.

Se tudo ocorrer bem, você verá algo como na imagem a seguir.

Depois disso, será possível exportar o seu jogo para android pelo ct.js.

Alerta

Vai ser preciso ter uma conexão com a internet para continuar com a exportação.